London Calling

Ever tried. Ever failed. No matter. Try again. Fail again. Fail better. Samuel Beckett

domingo, 13 de novembro de 2016

Lazarus with Michael C Hall

Uma das ultimas dádivas do David Bowie a este mundo foi o musical Lazarus que chegou da Broadway a Londres.
Apesar de ser grande fan do Bowie nao podia perder esta peca por ser talvez a minha única oportunidade de ver o Michael C Hall ao vivo. Mais conhecido pelo personagem psicopata que fez na serie Dexter. Michael ficou-me na memoria pelo papel que fez na serie Six feet under (7 palmos de terra na rtp2). O seu personagem David Fisher é um beato betinho que dirige a agência fúnebre de família. E ao mesmo tempo reprime o facto de ser gay e esconde o seu namorado (um polícia negro) do mundo exterior. Este personagem mudou a minha forma de ver a Homossexualidade e, de certa forma, de ver o mundo. Foi uma série antes do seu tempo...quando as series nao eram cool.

Quem gosta de Bowie...vai gostar de Lazarus. Mas quem gosta de teatro ou até de musicais nem tanto. A peca parece confusa mas sem qualquer motivo. As musicas nao parecem alinhar com a historia. E fiquei com a sensação que estava num daqueles concertos que soam a CD (para isso oiço em casa).
Por outro lado quando ouvi:
- Look at me...I'm in heaven.
Nao deixei de ficar espantado. "Wow...o Michael C Hall sabe cantar?". Para depois relembrar-me que aquilo é um musical...d'oh...


Quando descia nas escadas rolantes pro metro folheando o folheto da peça oiço.
- Did you enjoy it?
Perguntou um tipo na escada rolante ao lado.

Comecei por dizer que sim mas depois acabei por admitir o que disse acima. Que era confusa. Que as musicas pareciam ter sido largadas sem um qualquer sentido. E que provavelmente só gostei porque gosto do Bowie. E aí ficou um silencio...em que ele parecia estar a tentar nao dizer qualquer coisa. O homofóbico dentro de mim focou-se no estilo aprumado daquele desconhecido. Na cadencia de voz esteriotipadamente boiola. E fiquei a pensar que ele estava a espera de me convidar pra um copo ou assim. Disse Adeus rapidamente e fugi pra Northen Line.

Quando cheguei a casa e folheei a brochura é que me apercebi que o tipo das escadas rolantes era um dos actores...d'oh!

sexta-feira, 8 de julho de 2016

Londres gera 30% das receitas de impostos

Center for cities, um think-tank, concluiu que Londres contribui com 30% das receitas de impostos de todo o uk. London gera quase tanto como as 37 maiores cidades...juntas. Ou, para quem precisa de um desenho, isto:

Sei que muitos vao pensar "mas Londres tem 9 milhões de habitantes! Tem que gerar mais receitas.". Sim...mais dado que o país tem 64 milhões...está a gerar o rendimento equivalente a 19 milhões!
O estudo também questiona o impacto do Brexit nestas receitas.

No Uk, tal como em Portugal, existe um complexo de inferioridade entre as regiões mais pobres a norte e a capital. Temos sempre políticos populistas que vendem a historia de Londres estar repleta de capitalistas e banqueiras corruptos que roubam o povo. Enquanto do outro lado temos regiões inteiras no desemprego que nao aproveitam as oportunidades de formação que lhes sao dadas e cujos poucos empregos que existem sao ou do estado ou financiados indiretamente pelo estado.

Sao estas as regioes que mais beneficiavam dos fundos da união europeia e, como ficou provado agora, da produtividade dos londrinos. E foram estas regioes que votaram Leave como castigo para "os banqueiros" e os "burocratas europeus".

Ora dado que nos últimos 10 anos Londres tem tido um papel crescente nas receitas de impostos...com o congelamento de novas oportunidades de emprego, que esta já a acontecer, isto vai ter um impacto grande nas receitas do estado.


quarta-feira, 6 de julho de 2016

Manif Anti-Brexit

Pouco depois de se saber o resultado do referendo começaram a chover protestos nas redes sociais (que valem o que valem). Alguns tipicamente britânicos.

Raheem Sterling unable to vote in EU referendum because he can’t put a cross in the box.
Sterling_Eng

E outros um pouco mais sérios. Como esta manifestação chamada LondonStillStays marcada para  o dia 28 de Junho (3f passada) em Trafalgar Square. Esta veio no seguimento da LondonStays que, depois de 50 mil pessoas terem demonstrado interesse em ir, foi suspensa por razoes de segurança.

Apesar de mais um dia de verão invernoso decidi aparecer em Trafalgar Square para ajudar nos números. A escadaria estava cheia de jornalistas de cadeias estrangeiras mas, talvez por causa do tempo, o protesto acabou por nao ter os números esperados. Apesar do espírito positivo quase de festa olhei para os que lideravam o protesto...e nao me revi neles. Eram adolescentes a debitar a cassete de sempre apenas com o objetivo de apanhar uma moca e papar a garota de cabelo azul. Alguns a favor do líder trabalhista Corbyn e todos contra os Tories...todos os tories (pensei que fosse um protesto a favor de uma ideia de europa em vez de contra ideologias políticas). Algures na multidão alguém segurava um bandeira vermelha. Provavelmente a mesma que leva a todos os protestos e marchas. Há quem faca um tour de festivais de verão....e há quem faca um tour de protestos. Sempre nos faz sentir quentinhos cá dentro apesar de não mudarmos rigorosamente nada.
Outros ajeitavam o cabelo antes de fazer um enorme sorriso para a selfie. Que desfaziam imediatamente. E com a mesma rapidez que o sorriso desaparecia eles também...para outro ponto da manifestação. Para nova selfie.
Mas também vi casais com filhos que pareciam estar genuinamente ali pelo futuro dos seus filhos. Para lá da fronteira do seu sotaque.
A certa altura começou a chover e foi comovente ouvir um coro de "we love EU" dos resistentes de chapéu de chuva na mao. Mais brit seria difícil.







Nao foi só de protestos que se falou nesse dia mas também de uma petição exigindo a discussão de um segundo referendo no parlamento. Houve também uma polémica relacionada com esta petição visto que alguns dos registos eram até vindos de fora do Reino Unido. De qualquer forma das 100 mil assinaturas necessárias conseguiram 4...milhões (de notar que todos os residentes podem assinar. Mas só os portadores de passaporte puderam votar). O que significa que isto terá mesmo de ser discutido no parlamento. Resta-me imaginar se o mesmo se passaria se o resultado foi o inverso e se tal também seria considerado um direito.



Londependence

Na manha do resultado cheguei mesmo a brincar que depois de olhar para os resultados nacionais e da esmagadora vitoria do Sim em Londres, que restava a Londres abandonar o reino unido e tornar-se um estado independente.
Todos estes anos, principalmente os da recessão, sempre que londres apresentava bons resultados lá tinha de vir o Norte e o oeste a puxar todos os resultados parar baixo. Consumindo benefícios sociais á custa dos impostos de londres, desfrutando de um custo de vida barato, sem qualquer preocupação em apostar na formação....apenas funcionando como núcleos geradores de hooligans, chavs e mães solteiras adolescentes rodeadas de oiks. E quando via bristol, birmingham, manchester, newcastle, plymouth...ficava a pensar: "fuck it. estes tipos não geram riqueza nenhuma enquanto passam a vida a choramingar que o investimento devia de ser feito nas regiões mais inúteis deste pais...deviam de viver com a riqueza que geram".

Pois houve alguém que foi para alem da mera piada e criou mesmo um petição na esperança de convencer o novo mayor de londres (Sadiq Khan) a declarar independência. E assim nasce mais um novo conceito: Londependence.

quinta-feira, 30 de junho de 2016

England 1-2 Iceland

É sempre especial ver um jogo de Inglaterra num Pub. O ambiente é contagiante. Mas estranhei quando cheguei ao meu pub local a 10 minutos do jogo e consegui entrar (normalmente ficaria a ver do lado de fora das janelas). Talvez porque muitos tivessem preferido reunir-se em casa. Ou talvez tivessem a antever a calamidade que aí vinha.

O que eu não esperava mesmo foi o que encontrei la dentro. Hum...aquela bandeira não me parece Inglesa. Nem aquela camisola azul. E pouco a pouco apercebi-me que 0.1% da população Islandesa (fontes não oficiais) estava ali. Pareceu-me muito estranho que 60% do pub tivesse camisola azul.
Se pensarmos em termos probabilísticos. Eles são apenas 323 mil habitantes. E imaginando que vão estar diluídos numa cidade com 8 milhões de habitantes. Com centenas de pubs (incluindo o Nordic no centro) e acabam tantos por aleatoriamente calhar aqui na zona 3 sul de londres? Não fazia sentido.


Disseram-me que foi tudo por causa de um blog (cujo nome me escapou). Que disse que o Bedford era o place to be...e todos rumaram a sul. Londrinos e nem tanto. Um dos grupos eram jovens apenas a viajar.

O jogo foi uma vergonha para os ingleses. E cheguei a temer que tanta histeria nórdica pudesse provocar o hooligan enjaulado dentro de cada Inglês. No fim foi umas festa. Vi alguns Ingleses a cumprimentar os Islandeses pela vitoria. Vi lágrimas de alegria....e de tristeza. O Euro tem disto.



Popular posts

Followers :

Tags

Closed Stations

Tag Cloud

Music Portugal Gigs Tube City Life Cultures Banksy Street Art TV Elections Festival Holborn Sainsburys Workplace flat hunting Brexit Football Lisboa bicycle Eleições GDIF Snow Sport arquitectura BBC Britain Canary Wharf Charities Comedy Deolinda Emigration Greenwich Humour Photography commute wage Ahhhh Saudadeeeee Arte Beer Benfica Camden Town Chelsea Chinatown ClaphamJunction Emigrante English English People Euro Flu Graffiti Halloween Islington Movies NHS Old Street Olympic Games Oxford Street Rough Trade Royal Family Seinfeld Tax Tooting Trafalgar Square Urban Voo Weather theater Accent Anniversary Argentina Art Bank Bank Holiday Boat Race Brasil British Museum Buenos Aires Cambridge Christmas Lights Christmas Tree City Docs Drinks EasyJet Economics Entrevista Euro 2012 Europe Holiday Ice Impostos Iran Ireland Jornalismo Language Livros London Marathon Lost in translation MEC Marathon Meditation Metronomy National Insurance Number National Portrait Gallery Nevão New Oxford Street Notting Hill Oxford Circus Piccadilly Circus Pub Referendum Riot Roller skate Royal Weeding Santa Scotish Scotland Sintra South Bank TimeLapse Union Chapel Vencimento Volcano World Cup coffee cycle economy lux nurse AI Alain de Botton America Anarchy Ano Novo Chinês António Damásio Apple Arcade Fire Argos August Balham Barbecue Beach Beckett Bed and Breakfast Benefits Big Ben Big Train Blasted Mechanism Blitz Blur Boeing 747 Bomba Boobs Booze Boris Johnson Brighton Bristol Britcom Brixton Bus Business CCTV CSS CV Cannon St Caribou Cell Cerebro Champions League Charles Dickens Cheias Chevrolet Cicio Cities City Airport Cloud Clubs Colégio Militar Comic Relief Consulado Covent Garden Cowards Cricklewood Croydon David Bowie Deflation Dia de todos os Santos Dublin East London Edward Hopper Eficiencia Einstein Euro 2016 Eyjafjallajokull Facebook Fado Figo Filand Flatiron Flight Friends Gherkin God Goodbye Gray's Inn Guincho Harrods Helpfull History Homeless House MD Hugh Laurie IPad Iceland Income Tax Interpol Iphone Jamie Oliver Jeremy Clarkson Jessie J Jobs Jogging Jonathan Ross José Saramago KOKO Katie B Kings Cross Laughter Lewisham Leyton Lianne Las Havas Litle Britain London 2012 London Bridge London Dungeon London Eye London Film Festival London Sealife Love Lupini MOD MS Madame Tussauds Madeira Maria Rita Marylebone Massive Attack May Mayor Mercearia Michael C Hall Microsoft Momento alto Money Monty Python Moonspell Movember Moçambique Mumbai NIN NYC National Insurance Nero Nuclear O2Arena OK Go Organ Oxford Oyster Pancake Paquistan Paralympic Games Peckham Pink Floyd Pistorius Play-Doh Poetry Pompeia Pontos da Semana Poppy Porto Primitive Reason Putney RATM Randy Pausch Recital Rejection Letter Religion Remembrance Day Renting Return Robert Capa Rota do Chá Royal Guard Run Rush Hour Rússia Save Miguel Saúde Science Shard Sikh Simpsons Sky Slang Sleet Space SpaceInvaders Sport Relief Square Mile St Patrick's Day St Paul's Cathedral Staind Stamford Bridge Storm Stratford Street Poet Strike Subsídios Summer Sun SuperBock Surf Swearing TFL TV Licence TV ads Tank Man Tea Telemovel Tesco Thames The Portuguese Conspiracy The Scoop The Smiths Tiananmen Tories Tower Bridge Tremoço Twitter UK VAT Vertigo Volvo WakeUpLondon Walkabout Waterloo Wembley Wimbledon Winter climbing code dEUS didgeridoo discotexas flat mate geek living cost march moulinex news pastel de nata plugs and sockets protest skyscraper west end