Ever tried. Ever failed. No matter. Try again. Fail again. Fail better. Samuel Beckett

quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

Britain is fuck all.

Nos dias de hoje, acontecimentos assim alastram-se nas redes sociais como que regados a gasolina.
Na Segunda Feira notei que muitos dos meus colegas estavam a postar o mesmo video no facebook e decidi dar uma olhadela:



Todos se mostravam muito chocados mas o que me chocou a mim foi ver alguém insultar todos em redor numa viagem na zona entre Croydon e Wimbledon (que é como quem diz Chelas e Olivais) e não levar uma facada. É que nem um supapozito!
Muitos já fizeram notícia, como cadáveres, naquelas mesmas zonas por fazerem muito menos.

Gostaria de analisar a expressão que ela usa: "Britain is fuck all".
Um colega meu usa a expressão "fuck all" com muita frequência e confesso que não entendia ao início. Isto porque ela não deve ser entendida com o seu sentido literal.
Uma boa forma de a explicar é usar o exemplo do Zé que exclama "I've won fuck all" após consultar o talão do euromilhões. Ou a Maria que ao encontrar-se com o amigo no pub diz "I did fuck all today". Ao ouvir esta expressão eu fico focado no "all" e dou-lhe ênfase não sei bem porquê. Daí considerar tratar-se de algo que é muito. Que é tudo. E o "fuck" no meio daquilo soa-me a "kick ass" nos meus neurónios. Logo ficaria a pensar que o Zé ganhou o euromilhões e que a Maria trabalhou "pra caralho".
Mas o que acontece é que o Zé não ganhou um chavelho e a Maria não trabalhou "um caralho".

Ora voltando para o discurso da madame fico a pensar que ela poderia ter querido dizer uma de duas. A primeira que seria "Britain is fuck all" no sentido que fuck all significa nada. Logo "a Bretanha é nada". E uma segunda em que ela não conhece a sua própria língua e por isso disse o que disse querendo dizer "Britain is all fucked". A Bretanha está toda fodida.

Ora considerando que esta é uma das maiores economias mundiais. Que, apesar de não ser uma Alemanha, está na ponta (da lança) da europa. Que tem médicos Indianos que são dos melhores especialistas do mundo. Que tem Portugueses a investigar a curas do futuro para doenças como o cancro. Que tem gente de um mundo de nacionalidades que nos leva o leite, o jornal, o correio, varre o chão, corta a relva do parque. Que conduz o autocarro nocturno que nos leva a casa enquanto dormimos.

E ao pensar isto. Vejo o video novamente e pergunto "Quem é esta madame?"... She's fuck all.

6 comentários :

Eugénio disse...

A primeira vez que vi este vídeo no youtube comentei da mesma forma dizendo que estava surpreendido como é que ela não levou um par de estalos!


Quanto ao "Fuck all", deve ser uma coisa de Londres pois cá em cima nunca ouvi ninguém usar tal expressão.

Bruno Mota disse...

Pessoas retarded como essas há em todo o lado, só que normalmente andam de boca fechada.

peixuni disse...

lastimavel..e encontrei mais dois casos identicos
http://www.youtube.com/user/MANSMINDvsWOMEN

buyapentiumjerk disse...

Muito bom o teu blog, já o li do principio até aqui. O post sobre o CV ajudou-me bastante. Parti-me a rir com algumas coisas que contas-te logo no incio. E o emprego? Continuas na mesma empresa? Pouco mais falas-te acerca disso.

London Calling disse...

os meus parabens por teres lido tudo. nem eu teria paxorra para o fazer. obr.

Tenho de fazer mais posts relacionados com procurar emprego,casa etc...ja tenho alguns escritos que nunca publiquei. a ver se aproveito as ferias para fazer isso.

quanto ao emprego mudei 3x no primeiro ano...e não por minha vontade. Se é que me entendes.
Escrevi um post sobre isso que nunca publiquei por vergonha.
Nesse post aproveitava tambem para contar como podemos ter aconcelhamento juridico (de borla) para tentar processar patrões que despedem injustamente, ficam com impostos e dias de trabalho por pagar.

é algo que tentei esquecer porque por sorte fui parar a uma empresa que é de longe a melhor onde já estive. que me paga mais do que aquilo que pedi (mesmo assim n é uma fortuna). e que me tem ajudado a aumentar as minhas skills. Digados que foi uma sorte ter "perdido" aqueles empregos e também pode ser um alerta para quem (como eu) aceita um emprego numa empresa duvidosa apenas pq precisa de ganhar experiencia no uk.

Em pt podes ser um imbecil mas n te despedem. Se chegas a horas e fazes um minimo esta tudo ok. Aqui podes ser competente mas basta o teu projecto dar pro torto 1 mes e vai tudo pra rua (claro q ñ é regra mas acontece). Por outro lado mesmo que tenhas sido demitido se provares na entrevista que tens capacidades eles contratam-te na boa. podes saltar de um pra outro em poucos dias. Esta facilidade em despedir e contractar torna tudo numa economia mais dinamica. Mas é uma merda para quem tem filhos e casa pra pagar e precisa de um emprego pra ganhar raízes.

Bruno Mota disse...

Era interessante publicares mais algumas coisas relacionadas com essa experiência. Também eu irei para Londres muito brevemente com ideia de encontrar trabalho como webdesigner. Sei que é difícil e competitivo, mas quero ir aos pontos certos. Se puderes falar nas cautelas a ter já era uma grande ajuda.

Popular posts

Followers :

Tags

Closed Stations

Tag Cloud

Music Portugal Gigs Tube City Life Cultures Banksy Street Art TV Elections Festival Holborn Sainsburys Workplace flat hunting Brexit Football Lisboa bicycle Eleições GDIF Snow Sport arquitectura BBC Britain Canary Wharf Charities Comedy Deolinda Emigration Greenwich Humour Photography commute wage Ahhhh Saudadeeeee Arte Beer Benfica Camden Town Chelsea Chinatown ClaphamJunction Emigrante English English People Euro Flu Graffiti Halloween Islington Movies NHS Old Street Olympic Games Oxford Street Rough Trade Royal Family Seinfeld Tax Tooting Trafalgar Square Urban Voo Weather theater Accent Anniversary Argentina Art Bank Bank Holiday Boat Race Brasil British Museum Buenos Aires Cambridge Christmas Lights Christmas Tree City Docs Drinks EasyJet Economics Entrevista Euro 2012 Europe Holiday Ice Impostos Iran Ireland Jornalismo Language Livros London Marathon Lost in translation MEC Marathon Meditation Metronomy National Insurance Number National Portrait Gallery Nevão New Oxford Street Notting Hill Oxford Circus Piccadilly Circus Pub Referendum Riot Roller skate Royal Weeding Santa Scotish Scotland Sintra South Bank TimeLapse Union Chapel Vencimento Volcano World Cup coffee cycle economy lux nurse AI Alain de Botton America Anarchy Ano Novo Chinês António Damásio Apple Arcade Fire Argos August Balham Barbecue Beach Beckett Bed and Breakfast Benefits Big Ben Big Train Blasted Mechanism Blitz Blur Boeing 747 Bomba Boobs Booze Boris Johnson Brighton Bristol Britcom Brixton Bus Business CCTV CSS CV Cannon St Caribou Cell Cerebro Champions League Charles Dickens Cheias Chevrolet Cicio Cities City Airport Cloud Clubs Colégio Militar Comic Relief Consulado Covent Garden Cowards Cricklewood Croydon David Bowie Deflation Dia de todos os Santos Dublin East London Edward Hopper Eficiencia Einstein Euro 2016 Eyjafjallajokull Facebook Fado Figo Filand Flatiron Flight Friends Gherkin God Goodbye Gray's Inn Guincho Harrods Helpfull History Homeless House MD Hugh Laurie IPad Iceland Income Tax Interpol Iphone Jamie Oliver Jeremy Clarkson Jessie J Jobs Jogging Jonathan Ross José Saramago KOKO Katie B Kings Cross Laughter Lewisham Leyton Lianne Las Havas Litle Britain London 2012 London Bridge London Dungeon London Eye London Film Festival London Sealife Love Lupini MOD MS Madame Tussauds Madeira Maria Rita Marylebone Massive Attack May Mayor Mercearia Michael C Hall Microsoft Momento alto Money Monty Python Moonspell Movember Moçambique Mumbai NIN NYC National Insurance Nero Nuclear O2Arena OK Go Organ Oxford Oyster Pancake Paquistan Paralympic Games Peckham Pink Floyd Pistorius Play-Doh Poetry Pompeia Pontos da Semana Poppy Porto Primitive Reason Putney RATM Randy Pausch Recital Rejection Letter Religion Remembrance Day Renting Return Robert Capa Rota do Chá Royal Guard Run Rush Hour Rússia Save Miguel Saúde Science Shard Sikh Simpsons Sky Slang Sleet Space SpaceInvaders Sport Relief Square Mile St Patrick's Day St Paul's Cathedral Staind Stamford Bridge Storm Stratford Street Poet Strike Subsídios Summer Sun SuperBock Surf Swearing TFL TV Licence TV ads Tank Man Tea Telemovel Tesco Thames The Portuguese Conspiracy The Scoop The Smiths Tiananmen Tories Tower Bridge Tremoço Twitter UK VAT Vertigo Volvo WakeUpLondon Walkabout Waterloo Wembley Wimbledon Winter climbing code dEUS didgeridoo discotexas flat mate geek living cost march moulinex news pastel de nata plugs and sockets protest skyscraper west end