Ever tried. Ever failed. No matter. Try again. Fail again. Fail better. Samuel Beckett

sábado, 23 de fevereiro de 2013

BT London Gigapx

A British Telecom pegou numa Canon 7D e andou a tirar fotos da paisagem de Londres apartir da BT Tower.
É "uma" foto com 320 gigapixeis tirada depois da euforia dos Jogos Olimpicos. Reúne 48640 frames juntos num único panorama Se fosse impressa seria da altura do Buckingham Palace.
A empresa por detrás disto é a 360 Cities. Que já tinha anteriormente tirado uma foto panorâmica de Londres em Novembro de 2010.

Olhando para ambas conseguimos ver as alterações que têm acontecido na paisagem em apenas dois anos. E dois anos de recessão dupla (ou se tudo correr mal...tripla)! E que mostra uma grande diferença com Portugal, onde só se consegue gerar crescimento e investimento atrelado ao estado.

Vejam a diferença na zona de Bank/Monument em Novembro de 2010:

Para hoje:

O que vemos de imediato é o reaparecer de gruas. Como se fossem insectos urbanos a demonstrar que a vida está de volta à cidade. E depois as duas torres (que ainda nem sei bem os nomes) novas. Que, sinceramente, me chateiam por estragar a paisagem tal como a conheci. (Estranhamente nenhum dos meus colegas ingleses acha mal esta alteração na paisagem. Acham tudo natural. E eu fico danado com a passividade deles quanto a esta destruição da paisagem da city).

Outra alteração que podemos ver nestas gigafotos é que Londres (o reino unido, e até mesmo a europa união europeia) tem um novo rei dos céus. O Shard (ou estilhaço). Depois de quase 10 anos de luta com as autoridades locais e procura de fundos o projecto estava a andar. O que não se esperava era a crise que se abateu em 2008. Eu cheguei em Janeiro de 2009 e pouco depois as Southwark Towers caíam por terra para dar lugar ao Shard. The weels were in motion e o projecto não podia parar. E assim foi. Uma ausência de estruturas na paisagem londrina durante uns 2 anos e o Shard, solitário, a crescer sem concorrência.

Shard Novembro 2010:

Shard hoje:

Outra curiosidade é que o desemprego têm baixado sucessivamente e em todos os trimestres desde Junho de 2011. E mesmo confirmando-se duas recessões consecutivas as empresas continuaram a investir e a contratar. Algo que tem deixado os economistas confusos.


3 comentários :

Joana disse...

É também curioso que os economistas fiquem confusos, no entanto nas aulas de economia ensina-se que o erro em tempo de recessão é em fazer cortes excessivos e baixas de salários, encoraja-se mesmo o investimento porque só assim se consegue parar uma recessão. Mas pronto, eles é que são economistas :)

Também prefiro a paisagem anterior! As torres estragam tudo.

London Calling disse...

Não deixa de ser curioso que nós, tugas, depois de mais de uma década a dizer "eu não percebo nada de política" "eu não percebo nada de economia" subitamente percebemos todos muito de política e de economia.
Citamos os economistas que nos dão mais jeito (sim, porque também os há que defendem que portugal deve baixar os ordenados cortar no função pública e na subsídiodependencia e que a prioridade é cortar no deficit) e gozamos com os outros.

Gostamos de olhar para o estado de providencia dos países Nórdicos mas ignoramos os impostos que pagam, e os que pagaram durante décadas antes de ter o benefício. Citamos um ordenado mínimo alemão mas não referimos que durante mais de uma década os funcionários públicos tiveram reduções salariais e cortes de pessoal para tornarem-se mais produtivos.

Citamos os ordenamos médios em Londres mas não os m2 médios de um flat ou o número de feriados e férias.

Limitamo-nos a citar apenas o que nos interessa e mesmo dizendo que ha muito bons gestores e economistas lá fora...quando eles nos dizem que temos mais professores do que a média e que temos de despedir dizemos "Fora FMI".

Quando nos emprestam milhões (numa altura em que mais ninguém o faria) e esperam que arrumemos a casa nós dizemos "Que se lixe a Troika...queremos as nossas vidas de volta".

London Calling disse...

E nota que o Uk mesmo tendo (até ontem) um rating de AAA continuava a aplicar austeridade para meter as contas em ordem...e nós que somos "lixo" queremos aumentos.

faz algum sentido?

Popular posts

Followers :

Tags

Closed Stations

Tag Cloud

Music Portugal Gigs Tube City Life Cultures Banksy Street Art TV Elections Festival Holborn Sainsburys Workplace flat hunting Brexit Football Lisboa bicycle Eleições GDIF Snow Sport arquitectura BBC Britain Canary Wharf Charities Comedy Deolinda Emigration Greenwich Humour Photography commute wage Ahhhh Saudadeeeee Arte Beer Benfica Camden Town Chelsea Chinatown ClaphamJunction Emigrante English English People Euro Flu Graffiti Halloween Islington Movies NHS Old Street Olympic Games Oxford Street Rough Trade Royal Family Seinfeld Tax Tooting Trafalgar Square Urban Voo Weather theater Accent Anniversary Argentina Art Bank Bank Holiday Boat Race Brasil British Museum Buenos Aires Cambridge Christmas Lights Christmas Tree City Docs Drinks EasyJet Economics Entrevista Euro 2012 Europe Holiday Ice Impostos Iran Ireland Jornalismo Language Livros London Marathon Lost in translation MEC Marathon Meditation Metronomy National Insurance Number National Portrait Gallery Nevão New Oxford Street Notting Hill Oxford Circus Piccadilly Circus Pub Referendum Riot Roller skate Royal Weeding Santa Scotish Scotland Sintra South Bank TimeLapse Union Chapel Vencimento Volcano World Cup coffee cycle economy lux nurse AI Alain de Botton America Anarchy Ano Novo Chinês António Damásio Apple Arcade Fire Argos August Balham Barbecue Beach Beckett Bed and Breakfast Benefits Big Ben Big Train Blasted Mechanism Blitz Blur Boeing 747 Bomba Boobs Booze Boris Johnson Brighton Bristol Britcom Brixton Bus Business CCTV CSS CV Cannon St Caribou Cell Cerebro Champions League Charles Dickens Cheias Chevrolet Cicio Cities City Airport Cloud Clubs Colégio Militar Comic Relief Consulado Covent Garden Cowards Cricklewood Croydon David Bowie Deflation Dia de todos os Santos Dublin East London Edward Hopper Eficiencia Einstein Euro 2016 Eyjafjallajokull Facebook Fado Figo Filand Flatiron Flight Friends Gherkin God Goodbye Gray's Inn Guincho Harrods Helpfull History Homeless House MD Hugh Laurie IPad Iceland Income Tax Interpol Iphone Jamie Oliver Jeremy Clarkson Jessie J Jobs Jogging Jonathan Ross José Saramago KOKO Katie B Kings Cross Laughter Lewisham Leyton Lianne Las Havas Litle Britain London 2012 London Bridge London Dungeon London Eye London Film Festival London Sealife Love Lupini MOD MS Madame Tussauds Madeira Maria Rita Marylebone Massive Attack May Mayor Mercearia Michael C Hall Microsoft Momento alto Money Monty Python Moonspell Movember Moçambique Mumbai NIN NYC National Insurance Nero Nuclear O2Arena OK Go Organ Oxford Oyster Pancake Paquistan Paralympic Games Peckham Pink Floyd Pistorius Play-Doh Poetry Pompeia Pontos da Semana Poppy Porto Primitive Reason Putney RATM Randy Pausch Recital Rejection Letter Religion Remembrance Day Renting Return Robert Capa Rota do Chá Royal Guard Run Rush Hour Rússia Save Miguel Saúde Science Shard Sikh Simpsons Sky Slang Sleet Space SpaceInvaders Sport Relief Square Mile St Patrick's Day St Paul's Cathedral Staind Stamford Bridge Storm Stratford Street Poet Strike Subsídios Summer Sun SuperBock Surf Swearing TFL TV Licence TV ads Tank Man Tea Telemovel Tesco Thames The Portuguese Conspiracy The Scoop The Smiths Tiananmen Tories Tower Bridge Tremoço Twitter UK VAT Vertigo Volvo WakeUpLondon Walkabout Waterloo Wembley Wimbledon Winter climbing code dEUS didgeridoo discotexas flat mate geek living cost march moulinex news pastel de nata plugs and sockets protest skyscraper west end